Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 10.06.2013 10.06.2013

Depois do ‘Crepúsculo’

Por Edu Fernandes
 
Participar de um filme de sucesso costuma alavancar a carreira de um jovem ator. Por outro lado, quando o personagem é muito marcante, esse fato pode se transformar em obstáculo a ser superado a cada novo trabalho.
Esse tipo de desafio descreve o momento atual da carreira do trio de protagonistas da franquia Crepúsculo (2008-20012), que rendeu quase US$ 2,5 bilhões em bilheterias em todo o mundo. No dia 12 de junho chega às lojas o último episódio, e Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner usam estratégias diferentes para deixar para trás Bella, Edward e Jacob e assegurar o futuro de suas carreiras.
A Saga Crepúsculo: Amanhecer- Parte 2 mostra como os vampiros e os lobisomens precisaram deixar de lado suas desavenças e se unir. Todos se preparam para a batalha final contra os malignos Volturi. Os vilões alegam que Renesmee (Mackenzie Foy), filha de Bella e Edward, representa um perigo e uma violação ao código de conduta dos vampiros.
Antes do triângulo amoroso envolvendo um lobisomem e um vampiro, Kristen Stewart tinha uma carreira que crescia gradativamente. A atriz teve papéis medianos em filmes de sucesso, como Na Natureza Selvagem (2007), e protagonizou Eu e as Mulheres (2007).

Cena do filme The Runaways – Garotas do Rock
Durante a produção da franquia Crepúsculo, Kristen se preocupou em intercalar trabalhos em outros filmes para não ficar marcada como Bella. Ela viveu a guitarrista Joan Jett em The Runaways – Garotas do Rock (2010), participou do indie Na Estrada (2012) e foi a atriz principal do blockbuster Branca de Neve e o Caçador (2012).
Mesmo com a opção eclética, a carreira de Stewart no cinema passa por uma calmaria. O único trabalho futuro mais concreto é em Branca de Neve e o Caçador 2, programado para 2015.
 
Cena do filme Bel Ami – O Sedutor
Antes de ser Edward Cullen, Robert Pattinson só tinha um papel de destaque em seu currículo: ele foi Cedrico em Harry Potter e o Cálice de Fogo (2005). Até agora esses foram os únicos trabalhos em que o ator britânico estrelou blockbusters.
Pattinson preferiu um caminho mais alternativo, sem medo de assumir personagens que não são tão carismáticos para o publico. Exemplos desse tipo de escolha são os protagonistas de Bel Ami – O Sedutor (2012), um adúltero, e Cosmópolis (2012), um insensível investidor no mercado de ações.
Do trio de Crepúsculo, Robert é o que está com a agenda mais movimentada. Seu próximo trabalho a estrear será The Rover, um faroeste futurista. Atualmente, o longa está em fase de pós-produção.
 
Cena do filme Sem Saída
Taylor Lautner é o ator com um plano de carreira mais preciso do que seus colegas. O objetivo é transformar-se em um astro de filmes de ação. Assim, ele conseguiria agradar às mulheres em um gênero tipicamente masculino. Foi essa a tentativa de Sem Saída (2011).
Antes de sua ascensão a sex symbol na pele do lobisomem descamisado, Taylor não teve papéis memoráveis, exceto em As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl em 3D (2005). Para o futuro, há alguns filmes em desenvolvimento, mas por enquanto seus fãs terão de se contentar com uma pequena participação na comédia Gente Grande 2, que deve chegar aos cinemas em 16 de agosto.
 
Veja o trailer de A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2:
 
 
 
SERVIÇO:
 
Encontro de Fãs para lançamento do DVD Amanhecer – Parte 2, da Saga Crepúsculo 
Onde: Saraiva Shopping Ibirapuera, São Paulo
Quando: 22 de junho, às 16:00h
 
 
 
Recomendamos para você