Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 11.01.2013 11.01.2013

Conheça os principais indicados ao Globo de Ouro

Por Edu Fernandes
 
A mais popular premiação do cinema é o Oscar, mas outros prêmios entregues no começo do ano funcionam como um termômetro para as estatuetas douradas. Um desses eventos que ajudam os fãs a afinarem suas apostas é o Globo de Ouro.
Os vencedores desses troféus são eleitos por jornalistas, correspondentes estrangeiros que trabalham em Hollywood. Por essa razão, há prêmios para categorias variadas, o que auxilia a prever os ganhadores do Oscar.
 
A grande maioria dos filmes indicados ainda não entrou em cartaz no Brasil. Para remediar o atraso, o SaraivaConteúdo criou um guia para que os leitores conheçam os principais candidatos aos troféus.
 
Lincoln
 
Indicações: 7 (filme de drama, direção, trilha, ator, atriz, ator coadjuvante e roteiro)
Sinopse: Em meio à Guerra Civil, Lincoln tem de lidar com o derramamento de sangue no combate e lutar para libertar os escravos.
Estreia no Brasil: 25 de janeiro
Por que apostar nele?
Além de ser o filme com o maior número de indicações, a última vez que Steven Spielberg fez uma cinebiografia sobre um libertador de oprimidos, o resultado foi positivo. Em 1994, A Lista de Schindler conquistou sete Oscars e três Globos de Ouro (filme de drama, roteiro e direção).
 
Argo
 
Argo tem Affleck na direção
 
 
Indicações: 5 (filme de drama, direção, trilha, ator coadjuvante e roteiro)
Sinopse: Em 1980, um grupo de diplomatas norte-americanos fica preso no Irã, em meio a uma revolução. A CIA precisa intervir para que eles voltem para casa e conta com a ajuda de Hollywood para cumprir a missão.
Estreia: entrou em cartaz em 9 de novembro de 2012
Por que apostar nele?
Um dos principais troféus a enfeitar a sala de Ben Affleck foi a estatueta do Oscar que ele conquistou por Gênio Indomável (1997), como roteirista. Quando o diretor de Argo está atrás das câmeras, a aceitação da crítica costuma ser maior do que quando ele é apenas ator.
 
Django Livre
 
Django Livre pode ser a consagração de Tarantino nas premiações
 
 
Indicações: 5 (filme de drama, direção, dois atores coadjuvantes e roteiro)
Sinopse: Django é um ex-escravo com um plano para libertar sua esposa. Ele se une a seu mentor para livrar a amada das mãos de um cruel fazendeiro.
Estreia: 18 de janeiro
Por que apostar nele?
Os filmes de Quentin Tarantino costumam ser mais amados pela imprensa do que pela Academia de Hollywood, apesar de ele só ter conquistado um troféu em cada premiação (pelo roteiro de Pulp Fiction). Quando fala sobre escravidão, talvez consiga ser mais bem-sucedido.
 
A Hora mais Escura
 
A Hora mais Escura fala de guerra, tema bom para ganhar prêmios
 
 
Indicações: 4 (filme de drama, direção, atriz e roteiro)
Sinopse: Anos depois dos ataques às torres gêmeas em Nova York, o exército dos Estados Unidos consegue descobrir o paradeiro de Osama Bin Laden.
Estreia: 18 de janeiro
Por que apostar nele?
Com Guerra ao Terror (2008), Kathryn Bigelow passou de cineasta relativamente desconhecida a uma vencedora de Oscar. Com A Hora mais Escura, ela volta a um tema semelhante na esperança de um resultado parecido.
 
O Lado Bom da Vida
 
O Lado Bom da Vida conta com o charme indie
 
 
Indicações: 4 (filme de comédia ou musical, ator, atriz e roteiro)
Sinopse: Pat é um ex-professor em uma situação nada agradável. Ele acabou de sair de uma instituição para doentes mentais para voltar a morar com os pais e ainda não consegue superar o divórcio. Tudo fica mais complicado quando conhece a jovem Tiffany.
Estreia: 1º de fevereiro
Por que apostar nele?
De tempos em tempos surgem comédias dramáticas independentes que saem vitoriosas durante a temporada de premiações. Foi assim com Pequena Miss Sunshine (2006) e Juno (2007). Por que não com esse filme?
 
Os Miseráveis
 
Os Miseráveis é um musical com cenas grandiosas
 
 
Indicações: 4 (filme de comédia ou musical, ator, atriz coadjuvante e canção)
Sinopse: Depois de anos foragido, Jean Valjean volta a Paris e aceita cuidar da pequena Collete, filha de uma operária. Anos depois, a jovem se torna parte de um triângulo amoroso.
Estreia: 1º de fevereiro
Por que apostar nele?
Musicais e filmes de época com cenas grandiosas costumam triunfar nas premiações do começo do ano. Quando os dois gêneros estão no mesmo filme, as chances aumentam.
 
As Aventuras de Pi
 
As Aventuras de Pi tem chances em categorias técnicas
 
 
Indicações: 3 (filme de drama, direção e trilha)
Sinopse: Pi conta a um escritor sua impressionante história de vida. Na juventude, ele sobreviveu a um naufrágio, quando ficou em um bote salva-vidas na companhia de um tigre.
Estreia: entrou em cartaz em 21 de dezembro de 2012
Por que apostar nele?
Apesar de ser o candidato a melhor drama com o menor número de indicações, esse filme traz em seu favor o 3D. A estereoscopia é apontada como a salvação da indústria cinematográfica; portanto, premiar uma obra que faz bom uso desse recurso faz todo sentido.
 
 
 
Recomendamos para você