Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 03.08.2011 03.08.2011

Conheça os concorrentes nacionais ao Kikito

Por Thaís Ferreira
A serra gaúcha se prepara para o maior evento cinematográfico da América Latina, a 39ª Edição do Festival de Cinema de Gramado. Entre os dias 5 a 13 de agosto, a cidade irá receber aproximadamente 2 mil convidados e exibirá mais de 40 produções.
A maior atração são as premiações da Mostra Competitiva, separadas em quatro categorias: Filme Brasileiro de Longa Metragem, Filme Estrangeiro de Longa Metragem, Filme Brasileiro de Curta Metragem e Mostra Gaúcha. Os concorrentes serão julgados por duas comissões: um júri especializado e outro popular.
O evento tem como principal intuito divulgar e estimular o cinema nacional, por isso uma das premiações mais aguardadas são as de longas nacionais. Conheça agora os concorrentes da categoria:
 
Riscado, de Gustavo Pizzi
 
Riscado é o primeiro longa metragem de ficção de Gustavo Pizzi, que já havia dirigido o documentário Pretérito Perfeito. O roteiro foi escrito por Karine Teles, que também interpreta a protagonista. O filme chega como um dos favoritos no Festival de Cinema de Gramado, após ter vencido o prêmio de melhor atriz no último Festival do Rio e ter sido indicado para o South by Southwest Film Festival, dedicada aos filmes alternativos.
Sorte, talento ou esforço, qual desses elementos é necessário para conseguir sucesso na carreira? O filme de Gustavo Pizzi pretende discutir a questão. Bianca, a personagem principal, é uma atriz talentosa, mas não consegue deslanchar na profissão. O diretor transforma Bianca em personagem de seu filme. Um retrato que se confunde com a própria história da atriz/roteirista Karine Teles; em uma “brincadeira” de um filme dentro de um filme.
Veja o trailer de Riscado:
 
 
 
 
As Hiper Mulheres, de Leonardo Sette, Carlos Fausto e Takumã Kuikuro
O documentário é resultado da interação entre o cineasta Leonardo Sette (Ocidente), o cientista social Carlos Fausto e o indígena Takumã Kuikuro. Esse se apaixonou pelas câmeras após participar de oficinas realizadas na sua tribo. Hoje, é um dos principais colaboradores do projeto Coletivo Kuikuro de Cinema, que tem como objetivo documentar em vídeo a cultura local.
O filme narra o cotidiano da etnia Kuikuro, enfocando a história de um idoso que teme a morte da sua esposa. Ele pede para seu sobrinho realizar o Jamurikumalu, o maior ritual feminino do Xingu, para que ela possa cantar pela última vez. Além de Gramado, As Hiper Mulheres foi selecionado para o Festival de Brasília.
 
 
 
O Carteiro, de Reginaldo Faria
Depois de 27 anos, Reginaldo Faria volta à direção de cinema com a ficção O Carteiro. Apesar de ser conhecido popularmente pelo seu trabalho como ator, ele já dirigiu sete filmes durante sua carreira, como Os Paqueras (1969) e Pra Quem fica, Tchau (1971).
O Carteiro foi filmado em uma pequena cidade do Rio Grande do Sul e narra a trajetória de Victor, um rapaz que trabalha como carteiro. Ele tem o hábito de violar as cartas que entrega. Quando se apaixona por Marli, a nova moradora do local, ele passa a controlar as cartas da moça com o namorado, interferindo diretamente na relação.
Veja o trailer de O Carteiro:
 
 
Olhe Pra Mim de Novo, de Claudia Priscilla e Kiko Goifman
Os diretores Claudia Priscilla e Kiko Goifman, após a produção do filme 33, estão juntos novamente no documentário Olhe Pra Mim de Novo.  A linha que conduz a narrativa é a observação dos personagens do cotidiano nacional:  o atabaque da umbanda em Pacatuba, o mutirão do DNA em Juazeiro, uma família de albinos em Missão Velha e um road-movie no sertão nordestino conduzido por Sillvyo Luccio, transexual masculino.
 
 
 
O País do Desejo, de Paulo Caldas
O premiado diretor de Baile Perfumado e O Rap do Pequeno Príncipe Contra as Almas Sebosas, Paulo Caldas, apresenta a ficção O País do Desejo. O elenco é protagonizado por atores conhecidos do grande público, entre eles, Fábio Assunção, Maria Padilha e Gabriel Braga Nunes. 
O filme tem como temas principais família, amor, medicina, igreja e celibato.  A personagem principal Roberta (Maria Padilha) é uma famosa pianista clássica que luta contra uma doença nos rins. Durante uma viagem, ela conhece o Padre José (Fábio Assunção), o que transformará sua trajetória.
Veja o trailer de O País do Desejo:
 
 
 
Ponto Final, de Marcelo Taranto
O diretor e produtor Marcelo Taranto (A Hora Marcada) exibe o filme Ponto Final. No elenco, atores bastante devotos à sétima arte: Roberto Bomtempo, Hermila Guedes e Othon Bastos. 
A história tem como personagem principal Davi (Roberto Bomtempo), um executivo que perde sua filha em um caso de violência. Tomado pelo sentimento de culpa e indignação, ele se fecha para o mundo. Um encontro inesperado, entretanto, o leva reconsiderar sua vida e rever suas posições.
Veja o trailer de Ponto Final:
 
 
Uma Longa Viagem, Lúcia Murat
Vencedor do prêmio de melhor documentário pelo Júri da Crítica no Festival de Paulínia. Ela que já dirigiu diversos filmes, entre eles, Maré, Nossa História de Amor (2007) e Quase Dois Irmãos (2004).
 
Uma Longa Viagem fala da família da diretora, que se envolveu com os movimentos políticos durante a ditadura militar brasileira. Nesse período, o irmão caçula de Lúcia viajou para o exterior, onde passou sofrer problemas psíquicos. A narrativa é construída a partir das cartas enviadas por esse irmão, interpretado no longa por Caio Blat.
Veja o trailer de Uma Longa Viagem:

 
Recomendamos para você