Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 20.05.2013 20.05.2013

Clara Averbuck lança livro de crônicas

Por Laíssa Barros 
 
O livro Cidade Grande no Escuro (7Letras) mostra mais uma vez o resultado das influências literárias de John Fante, João Antônio, Carmen da Silva e da cidade de São Paulo na escrita de Clara Averbuck.
 
A obra, que reúne contos publicados em um de seus blogs e no jornal Tribuna da Imprensa, trabalha temas relacionados à capital paulistana. A escritora gaúcha, que mora desde 2001 em São Paulo, ressalta também nas crônicas suas paixões, dores, solidões e outros sentimentos relativos aos fatos do dia a dia, além de tecer questionamentos sobre o universo feminista, feminino e sobre o machismo na nossa sociedade.
 
“Viver em São Paulo é minha pesquisa de campo. Tudo que eu escrevo, especialmente em matéria de crônicas, passa pelo coração, e todos os meus processos de escrita fazem parte de um processo de compreensão de um todo e, por que não, de sobrevivência, em São Paulo ou onde quer que esteja”, ressalta a escritora.
 
“Aluga-se”, “Catarina, a pequena”, “Debatendo-se”, “Pó de tijolo” e “Por quem os sinos baixam” são as crônicas de Cidade Grande no Escuro preferidas de Clara, que tirou o nome do livro de uma música do Link Wray, “Big City After Dark”.
 
Cidade Grande no Escuro
 
Cidade Grande no Escuro ressalta também a relação de Clara com a internet e os assuntos que estão em evidência no mundo virtual e que acabaram virando temas de algumas crônicas. 
 
A autora, que é uma das maiores vozes femininas da literatura brasileira contemporânea, sempre teve um forte contato com textos autorais publicados na internet, já que iniciou sua carreira no final dos anos 90, publicando no mailzine CardosOnline, que também lançou escritores como Daniel Galera e Daniel Pellizzari.
 
Até hoje ela mantém um blog e acredita que a internet e as redes sociais permitem um feedback, uma interação e uma captação de ideias que acabam sendo bem interessantes para o desenvolvimento de seus processos criativos de escrita.
 
Tanto que dois de seus livros publicados são resultado desse contato com a publicação on-line. “Curto poder atualizar o blog quando bem entendo e tratar de alguns assuntos ‘do momento’ nele. Além disso, tenho um feedback bem bacana via Twitter e Facebook, e através disso consigo entrar um pouco mais na mente do meu público”, conta a escritora.
 
LITERATURA PARA ADOLESCENTES
 
Agora Clara está preparando um novo livro. Eu Quero Ser Eu vai falar sobre e para os adolescentes. No novo romance, que também será publicado pela 7Letras, ainda sem data de lançamento definida, a escritora conta a história de uma garota de 14 anos que não se encaixa em padrões.
“Alice é uma adolescente que não se encaixa nos padrões, nem faz questão de pertencer a panelinhas. Quero colocar isso em pauta e encorajar os adolescentes a buscarem sua própria identidade em vez de abafá-la para fazer parte de um grupo”.
No livro, Alice é uma adolescente que não gosta do ambiente escolar, sente-se diferente de tudo e não quer se encaixar em nada. Então ela faz uma aposta a respeito de um garoto que a menosprezou, e as coisas começam a ficar um pouco mais interessantes para ela no colégio.
Eu Quero Ser Eu levará Clara a escrever sobre assuntos diferentes e para um público novo e mais jovem do que os leitores de seus outros livros. Resta-nos aguardar para conferir esse desafio da escritora e saber como será o desenrolar da história de Alice.
 
Enquanto isso, podemos aproveitar o relançamento dos outros trabalhos da autora. Máquina de Pinball, Das Coisas Esquecidas Atrás da Estante e Vida de Gato foram reeditados pela 7Letras e relançados junto com o inédito Cidade Grande no Escuro.
 
Outros trabalhos da autora foram reeditados
 
“Todos os meus livros estavam esgotados em suas respectivas editoras e os contratos já haviam acabado. Então falei com o Jorge Viveiros de Castro, o editor, e propus de reeditá-los com a arte da Eva Uviedo. Gostei de ter controle e participação na escolha das capas e nas reedições”.
 
Outra novidade é a Averbooks, a editora de Clara, que irá publicar seus livros em versões para ebook ainda este ano. O projeto, que está em fase de preparação, pretende expandir a publicação a outros autores e lançar obras físicas também.
 
 
Recomendamos para você