Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 09.03.2010 09.03.2010

Chanel e o charme francês

Por Vinicius Valente

Magras, decididas e,sobretudo, extremamente charmosas e bem-vestidas. Conhecido nos quatro cantosdo mundo, o estereótipo da mulher tipicamente francesa desperta o interesse e acuriosidade de ambos os sexos, seja pela beleza ou pelo glamour do estilo a serseguido. A imagem pode não corresponder à totalidade das damas da terra deNapoleão, porém trata-se, certamente, de um reflexo de uma das figuras maisemblemáticas da moda do século XX.

A história da estilista CocoChanel já era bastante conhecida nos países francófonos, entretanto, em 2009, foi expandida para o mundo com o lançamento do filme Coco antes de Chanel, cujo DVD já seencontra em pré-venda na Saraiva.com.br.

Dirigida por Anne Fontaine, a trama foca na juventude pobre de GabrielleBonheur Chanel, época em que ainda não se tornara a poderosa Coco. Quem revivea história da estilista é Audrey Tautou, conhecida pelas atuações em O fabuloso destino de Amélie Poulain e O código da Vinci. No começo do séculoXX, Chanel era uma parisiense órfã defamília humilde, que costurava durante o dia e cantava em cabarés à noite. Após a morte da mãe, foi deixada pelo pai num orfanato,junto com a irmã Adrienne (Marie Gillain). Em uma noite de trabalho, conheceu omilionário Etienne Balsan (Benoît Poelvoorde), com quem se relaciona até omesmo voltar para sua cidade. Em seguida, após a mudança da irmã, Coco resolvesegui-lo, pedindo abrigo em sua casa, estadia que acaba durando mais do que oesperado. Durante este período, fazendo roupas para o amante, ela descobre oseu talento de estilista. Chanel passa usar os trajes que confecciona, deestilo mais masculino, quebrando paradigmas da moda feminina da época. Suaoriginalidade passa a chamar a atenção de gente como a atriz Emilienne D’Alençon (Emmanuele Devos), amiga de Balsan, que começa a lhe encomendarchapéus. Um outro amigo do amante se tornou uma figura decisiva na vida daestilista, o inglês Arthur ‘Boy’ Capel (Alessandro Nivola). Após se envolveremem uma relação, Boy leva-a numa grande viagem, período que é considerado um dosmais românticos de sua vida. O novo amante se torna o grande amor de sua vida,além de ajudar Chanel a abrir sua loja de moda, o pontapé inicial para acriação da marca Chanel S.A.

Coco antes de Chanel ainda seencontra em cartaz em alguns cinemas do país. O filme dafrancesa Anne Fontaine (A garota deMônaco) baseia-se nolivro de Edmonde Charles-Roux e foi adaptado por Camille Fontaine e pela própriadiretora. Entre os vários livros dedicados à vida e obra de Chanel, alguns foram lançados por aqui, como Chanel, seu estilo e sua vida, de Jannet Wallach, repleto de fotos e ilustrações, que desvenda as razões pelas quais, pela primeira vez na história da moda, um nome transformou-se em uma poderosa marca.

Chanel nasceu em 1883, em Saumur, França. Sua roupas vestiram grandes atrizes de Hollywood, ditando a moda em todo omundo. Além de trajes, desenvolveu perfumes, como o hoje clássico Chanel 5, criado em 1921,uma referência ao seu número da sorte. Faleceu no ano de 1971, no Hotel Ritz,em Paris, local onde viveu por anos. O seu funeral foi assistido por centenasde pessoas que levaram as suas roupas em sinal de homenagem. A moda nunca mais seria a mesma depois dela.

> Coco Chanel na Saraiva.com.br

> Assista ao trailer de Coco antes de Chanel

Recomendamos para você