Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 18.01.2010 18.01.2010

“”Avatar”” confirma favoritismo no Globo de Ouro

“”Avatar”” levou ontem, domingo, os Globos de Ouro de melhor filme e direção (James Cameron). Mostrou a força da bilheteria e da (super) produção. Com o anúncio do último troféu, rostos como o de Quentin Tarantino, cujo “”Bastardos inglórios”” também concorria, não pareciam nada satisfeitos com o resultado.

E mais: uma das surpresas desejadas, o troféu para a diretora Kathryn Bigelow, por “”Guerra ao terror””, não aconteceu. Nem o para Mark Boal, do mesmo filme, que perdeu o prêmio de melhor roteiro para Jason Reitman e Sheldon turner, de “”Amor sem escalas””.

Esta parece ser, sim, a tendência para o Oscar: “”Avatar””. Sendo que na Academia, concorrendo em mais categorias, o filme deve fazer “”a festa””.

Quanto aos outros prêmios…

Indicada por “”Julie & Julia”” e “”Simplesmente complicado””, Meryl Streep ganhou pelo primeiro, na categoria comédia ou musical, e ela era apenas um veículo para “”grandes mulheres””, e fez uma homenagem à mãe. O de melhor atriz em papel dramático foi para Sandra Bullock.

Robert Downey Jr. confirmou que sua volta ao topo não parou com “”Homem de ferro”” ganhando o troféu de melhor ator em comédia ou musical por “”Sherlock Holmes””. 

Emprestando certa nobreza a Hollywood, Sophia Loren apresentou o prêmio de melhor filme estrangeiro, que ficou com “”Fita branca””, longa de Michael Haneke já premiado com a Palma de Ouro em 2009. Era certa “”barbada””.

Outros prêmios certos: no cinema, “”Se beber, não case“” ficou com o prêmio de melhor filme (comédia ou musical). E Christopher Waltz, com o de ator coadjuvante, por “”Bastardos inglórios”” que, fora isso, saiu de mãos abanando.

Na televisão, “”Mad men”” continuou mostrando sua força, levando o prêmio de melhor série dramática. E “”Glee””, como era mais do que esperado e merecido, o de melhor série cômica ou musical.

Entre as “”surpresas”” da noite, Jeff Bridges levou o Globo de melhor ator dramático por “”Crazy heart””. E, numa nota diferente, ainda vimos o ator Michael C. Hall, vencedor do troféu de melhor ator em série dramática por “”Dexter””, portando um touca, certamente por conta de perda de cabelo com seu tratamento contra um câncer.

Leonardo DiCaprio e Robert De Niro apresentaram o prêmio Cecil B. DeMille, pelo conjunto da obra, para Martin Scorsese, entregue após uma compilação de trechos de seus filmes, como “”Touro indomável“” (1980) e “”Gangues de Nova York“” (2002), entre tantos outros. A propósito, seu mais novo filme, “”Shutter island””, estrelado por DiCaprio, será lançado no mês que vem no Festival de Berlim.

O apresentador Ricky Gervais abriu a noite fazendo piadas sobre operações plásticas – “”veja o excelente trabalho que os cirurgiões fizeram aqui”” – e “”tentando”” vender DVDs do “”The Office”” britânico, que ele criou, e “”The invention of lying””, filme que ele estrelou há pouco tempo.

O primeiro prêmio, de melhor atriz em papel coadjuvante, foi apresentado por Nichole Kidman, que entregou o troféu a Mo’Nique, de “”Preciosa””. A atriz, que fez um discurso emocionado, foi aplaudida de pé.

Veja abaixo os vencedores da 67ª edição do Globo de Ouro:

CINEMA

Drama

“”Avatar””

Musical ou comédia

“”Se Beber, Não Case!””

Animação

“”Up – Altas Aventuras“”

Filme estrangeiro

“”A Fita Branca””

Diretor

James Cameron, por “”Avatar””

Roteiro

“”Amor sem Escalas””, de Jason Reitman e Sheldon Turner

Música original

“”Crazy Heart””, “”The Weary Kind””

Trilha Sonora

“”Up – Altas Aventuras””, Michael Giacchino

Ator – drama

Jeff Bridges, por “”Crazy Heart””

Atriz – drama

Sandra Bullock, por “”The Blind Side””

Ator – comédia ou musical

Robert Downey Jr., por “”Sherlock Holmes””

Atriz – comédia ou musical

Meryl Streep, por “”Julie & Julia””

Ator coadjuvante

Christoph Waltz, por “”Bastardos Inglórios””

Atriz coadjuvante

Mo’Nique, por “”Preciosa””

TV

Série – drama

“”Mad Men””

Série – musical ou comédia

“”Glee””

Ator de série – musical ou comédia

Alec Baldwin, por “”30 Rock””

Atriz de série – musical ou comédia

Toni Collette, por “”United States of Tara””

Ator de série – drama

Michael C. Hall, por “”Dexter””

Atriz de série – drama

Julianna Margulies, por “”The Good Wife””

Ator coadjuvante

John Lithgow, por “”Dexter””

Atriz coadjuvante

Chloë Sevigny, por “”Big Love””

Minissérie ou telefilme

“”Grey Gardens””

Ator de minissérie ou telefilme

Kevin Bacon, por “”Taking Chance””

Atriz de minissérie ou telefilme

Drew Barrymore, por “”Grey Gardens””

Recomendamos para você