Bel Sanmax por Bel Sanmax Livros 17.05.2019 17.05.2019

Os livros de auto ajuda bem humorados que são tendência entre os leitores

O livro mais vendido em 2018 no Brasil (e também ao redor do planeta, em 13 países), entre os leitores da Saraiva, foi a Sutil Arte de Ligar o Foda-Se, de Mark Ronson,que mostra o quanto os brasileiros estão dispostos a levar uma vida mais leve, desvalorizando questões que não merecem tanto atenção.

Os livros de autores brasileiros mais lidos pelo público

Um dos argumentos de Ronson é que o advento da tecnologia leva as pessoas a buscarem a felicidade incessantemente, o que as deixa mais infelizes. A “sutileza” proposta pelo autor é desmitificar o que seriam problemas reais, e se concentrar em resolver apenas o que estaria possível.

OS LIVROS MAIS QUERIDOS DO PÚBLICO EM 2018

Ronson lança em 2019 a continuação da obra: F*Deu Geral – Um Livro Sobre Esperança? Desta vez, Ronson amplia as crises e ansiedades para uma escala global, políticas castradoras e ditatoriais, catástrofes ambientais, e também o quanto a tecnologia, em paralelo, melhorou a qualidade de vida humana. Mas então, por que as pessoas continuam infelizes e com desesperança Esse é o questionamento principal do livro.

Conheça-te a Ti Mesmo

O autor se apoia em correntes filosóficas de grandes pensadores como Platão e Nietzsche, e muito bom-humor e sarcasmo, para se questionar e provocar os leitores a fazerem o mesmo.

Victoria Aveyard, Aka Poeta, Tessa Dare e mais autores contam quais seus livros favoritos

Nesta mesma linha de buscar o autoconhecimento através da leitura, e aprofundar-se na compreensão de como a nova era tecnológica em constante expansão atinge a psique coletiva, o Blog da Saraiva selecionou outras obras que incitam semelhantes reflexões. Confira.

1º) A sutil arte de ligar o foda-se (Editora Intrínseca)

Autor: Mark Manson

Uma alternativa bem-humorada em forma de guia de auto-ajuda. O autor rompe com a fórmula tradicional do gênero, e como ele mesmo explica  – sem querer desprezar o valor de nada disso. O argumento de Manson credita a pressão social pelo otimismo como a grande responsável por nos colocar mais para baixo.

2°) Seja Foda! (Buzz Editora)

Autor: Caio Carneiro

É com muito sarcasmo e leveza que o autor guia os leitores a mudarem comportamentos e atitudes, rumo à conquista de todos os sonhos pessoais e profissionais.

3) O Mínimo Que Você Precisa Saber Para Não Ser Um Idiota

Autor: Olavo de Carvalho

O mínimo que você precisa saber para não ser idiota é composto de 193 textos assinados pelo autor, um filósofo, entre 1997 e 2013. Carvalho levanta questionamentos sobre política, costumes e como isso é processado na cabeça do brasileiro.

4) Viver Em Paz Para Morrer Em Paz – Se Você Não Existisse, Que Falta Faria?

Autor: Mario Sergio Cortella

Se você não existisse, que falta faria? Para responder à essa pergunta, o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella discute o que é importante nessa vida: ser famoso? Acumular posses?

5) Guia Definitivo Para Não Quebrar A Cara – (Ou Pelo Menos Tentar)

Autores:  Edson Castro; Leonardo Filomeno

Os autores pregam que às vezes o que se precisa é de um bom tapa na cara para acordar para a vida. Eles convidam os leitores a relembrarem lições de vida que podem ter sido esquecidas enquanto se distraem com as milhões de possibilidades da era tecnológica.

6) A Arte Francesa De Mandar Tudo À Merda – Chega De Bobagens E Viva A Sua Vida

Autor: Fabrice Midal

O best-seller do filósofo Fabrice Midal estourou na Europa pregando justamente que está na hora de nos preocuparmos menos com o que se espera de nós – e simplesmente ser o que somos. Ele estimula os leitores a se livrarem das obrigações auto-impostas. Segundo o filósofo, chave para encontrar a verdadeira paz de espírito é clareando a mente.

Recomendamos para você