Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 07.12.2011 07.12.2011

Atores invadem os videoclipes: as participações especiais em produções musicais

 
Por Luma Pereira
Cena do clipe “The One That Got Away”, em que a cantora Katy Perry contracena com o ator Diego Luna
 
Ele aparece como um artista plástico, desenhando e pintando quadros. Mas não é ninguém menos do que Diego Luna, ator de televisão, teatro e cinema, que atua como namorado da cantora Katy Perry no clipe “The One That Got Away”.
 
Esse é apenas um dos muitos exemplos de participações especiais em clipes. E os famosos não apenas aparecem nessas produções, como também muitas vezes se aventuram até mesmo como diretores.
 
“O clipe deve ser encarado como mais uma ferramenta de divulgação e, portanto, pode-se utilizar inúmeros recursos para aumentar sua eficiência. Entre eles, a participação de celebridades”, afirma Dennis Zasnicoff, produtor musical.
 
Ao assistir a um clipe, não vemos apenas a performance de nossa banda/cantor/cantora favoritos. Pode aparecer, ali nas imagens, algum outro artista que resolveu fazer uma breve, porém marcante, participação.
 
 
“É uma espécie de merchandising ou endorsement, e celebridades costumam trazer respaldo para um produto – no caso, o artista ou sua música. Não podemos nos esquecer, entretanto, que a música vem antes de tudo”, completa Zasnicoff.
 
Famosos e os clipes
 
Sandy e Júnior, Mariana Ximenes, Wagner Moura, Lázaro Ramos. E os internacionais Alicia Silverstone e Justin Timberlake. Esses são alguns nomes dos famosos que já estiveram nessas produções musicais.
 
Sandy estrelou em “You Are My Number One”, de Enrique Iglesias, no ano 2000. Em entrevistas na época, a cantora confessou estar nervosa devido às cenas de proximidade e afeto que teria de fazer com o ator, cantor e compositor espanhol.
 
A atriz Mariana Ximenes apareceu em “Anna Julia”, música de sucesso do grupo Los Hermanos, e em “Detalhes”, de Roberto Carlos, em 2009. O enredo do video de Anna Julia era simples: salão de baile, banda, casais dançando – e Mariana, que fez o maior sucesso.
 
Bárbara Paz aparece em “Pelados em Santos”, de Mamonas Assassinas, música regravada pelos Titãs. E Fernanda Torres esteve em “Ela Disse Adeus”, dos Paralamas do Sucesso.
 
Internacionalmente, Alicia Silverstone e Liv Tyler participaram de “Crazy”, do Aerosmith, na década de 90.
 
O ator Milo Ventimiglia, que já atuou na série americana Gilmore Girls como Jess Mariano, fez o par romântico de Fergie no clipe “Big Girls Don’t Cry”, em 2007. Wesley Snipes aparece em “Bad”, de Michael Jackson, em 1987.
 
Gary Oldman pode ser visto em “Since I Don't Have You”, do Guns N' Roses, em 1994. Matt LeBlanc, o Joey de Friends, aparece em “Miracle” e “Say It Isn’t So”, de Jon Bon Jovi. E Keanu Reeves em “Rush, Rush”, de Paula Abdul, em 1991.
 
Mas o “arroz de festa” dos clipes é Justin Timberlake. Participou de “Love Dealer”, de Esmée Denters; de “Love Sex Magic”, da cantora Ciara; e de “Hoodies On, Hats Low”, música de estreia do rapper FreeSol.
 
Agora atrás das câmeras
 
Alguns artistas decidem se aventurar também na direção. Em “Te Amo”, de Vanessa da Mata, o ator Wagner Moura estreou como diretor, em 2011.
 
Ficou a cargo de Lázaro Ramos a direção de “Símbolo do Coração”, do Ara Ketu, em 2011. Ele convocou outras muitas celebridades para participar da produção: Ivete Sangalo, Preta Gil, Fiuk, Sheron Menezzes e Fernanda Rodrigues.
 
 
Selton Mello também dirigiu vários clipes, como "Flerte Fatal", do Ira e de Ana Cañas – com a música “Esconderijo”, em 2009.
 
“Como produtor musical, eu também adoro experimentar – é importante para a carreira e fundamental para o aprendizado. Penso que atores e diretores devem mesmo se aventurar em projetos diferentes”, afirma Zasnicoff.
 
Para ele, o perigo é achar que o resultado será excelente, pois um dos segredos para se fazer um bom clipe é a experiência.
 
“Dirigir um videoclipe requer bons conhecimentos de ritmo, estrutura musical, dinâmica de áudio, mercado fonográfico, além de fotografia, roteiro, atuação, etc”, afirma ele.
 
Não é nada incomum ligar a TV ou acessar o Youtube e assistir a um clipe com Katy Perry e Diego Luna atuando juntos. Os famosos, de fato, invadiram a música de cantores, cantoras e bandas.
 
Recomendamos para você