Bel Sanmax por Bel Sanmax Música 12.07.2018 12.07.2018

As Origens e Curiosidades do Dia Mundial do Rock

Um dos estilos musicais mais adorados dos últimos tempos, o rock´n´roll não é uma unanimidade apenas no playlist das pessoas, com também faz parte da cultura popular contemporânea no mundo todo.

Em quase 80 anos de trajetória do gênero, há uma data em que se celebra o legado do rock´n´roll: 13 de julho, o Dia Mundial do Rock. A comemoração teve origem em 1985, mas será que você sabe por que demorou tanto para ser criado esse ‘feriado’ cultural, e como ele foi instituído?

Contos do Rock - Histórias Dos Bastidores do Rock Brasileiro Contadas Por Quem Estava Lá

Contos do Rock - Histórias Dos Bastidores do Rock Brasileiro Contadas Por Quem Estava Lá (Cód: 9730851)

R$ 49,90 R$31,90 em até 1x de R$ 31,90 sem juros Quero este produto

Nasce um gênero

Creative Commons

Não há um consenso quanto à quando e como especificamente surgiu o rock´n´roll, mas o que é dado como certo é o fato de o estilo ser derivado dos acordes e ritmos do rhythm´n´blues norte-americano. O swing e os violões do country também ‘emprestaram’ elementos para compor o núcleo do que é rock.

As 10 melhores músicas da carreira solo de Paul McCartney

Produto da cultura musical da comunidade afrodescendente, o pulo para o que hoje chamamos de rock´n´roll aconteceu entre as décadas de 1940 e 1950.

Há uma linha muito aceita pelos estudiosos da música, a de que a verdadeira primeira canção que ditou o gênero foi ‘Rocket 88’, de 1951. Composta por Ike Turner (ex-marido de Tina Turner, com quem ela formou uma dupla de muito sucesso nos anos 1960), a faixa contava com Jackie Brenston no saxofone, e foi produzida por Sam Phillips, responsável por descobrir ninguém menos do que Elvis Presley, um dos maiores exponentes do rock da história.

“Eu tive essa discussão com muitas pessoas ao longo dos anos, mas quando se fala sobre a primeira canção de rock’n’roll, minha opinião pessoal seria a de que foi Rocket 88” – Wildcat Pete, DJ de rock’n’roll desde a década de 1950, em entrevista ao jornal The Guardian

O termo “rock”, que pode significar “balanço” ou “embalo” na língua inglesa, também era usado como uma gíria para descrever um movimento que incitasse ou perturbasse algo. Ella Fitzgerald, uma das maiores cantoras da história, gravou a faixa Rock It for Me em 1937, na qual cantava “você não vai satisfazer minha alma com o rock´n´roll”.  O termo “rocking” era também uma gíria de duplo sentido, em alusão ao  ato sexual.

Guia Politicamente Incorreto Dos Anos 80 Pelo Rock

Guia Politicamente Incorreto Dos Anos 80 Pelo Rock (Cód: 9726685)

R$ 59,90 R$35,90 em até 1x de R$ 35,90 sem juros Quero este produto

Nasce uma Data

Creative Commons

Mais de quarenta anos depois, em 1985, aconteceu o evento que deu origem ao Dia Mundial do Rock. Porém, antes de continuarmos nosso estudo quanto à história da data, há algo muito importante para ser dito: o Brasil é o único país a celebrar o dia 13 de julho como o Dia Mundial do Rock, que de mundial só tem mesmo o nome.

4 teorias conspiratórias de lendas do rock

Mas antes de explicar como e porque esse ‘feriado’ pop existe apenas em terras brasileiras, é necessário explicar o festival na ‘gringa’ responsável por tudo.

Em 85, o mundo acompanhava em choque a crise de miséria e fome na Etiópia. Um músico inglês, Bob Geldof, convocou bandas e artistas engajados com a causa para se apresentarem em um evento beneficente, chamado Live Aid.

Keith Richards - Uma Vida Rock´n Roll

Keith Richards - Uma Vida Rock´n Roll (Cód: 4967857)

R$ 59,90 R$35,90 em até 1x de R$ 35,90 sem juros Quero este produto

Foram dois festivais simultâneos, um nos Estados Unidos e outro na Inglaterra. A programação era formada por uma verdadeira ‘constelação’ musical: Led Zeppelin, David Bowie, Paul McCartney, U2, Black Sabbath, The Who, Madonna, Queen e Sting, entre muitos outros. Os shows tiveram transmissão simultânea no mundo todo, e a causa ganhou proeminência e espaço na mídia e nas agendas de política internacional.

Algumas curiosidades:

  • Phil Collins voou de avião Concorde para poder tocar nos dois continentes, o único músico a conseguir o feito;
  • Foi também Phil Collins quem declarou o desejo de que a data fosse considerada como o “Dia Mundial do Rock” (nós te ouvimos, Phil!);
  • Se especulava que o Led Zepellin, capitaneado por Robert Plant e Jimmy Page, voltasse à ativa depois do show no Live Aid, com Phil Collins na bateria. Com pouco tempo para ensaiarem, depois de sete anos sem tocarem juntos, com Plant praticamente sem voz e Page com a guitarra desafinada, o show, para eles, foi um desastre. Eles até tentaram gravar um novo álbum, mas não rolou. Page e Plant e a banda só voltaram a se reunir em um show/tributo em 2007;
  • O show do Queen foi apontado como o melhor da noite. No ano anterior, eles se apresentaram na África do Sul em pleno regime do apartheid, o que queimou um pouco o filme da banda. Com o Live Aid, eles se redimiram perante a opinião pública, e a apresentação é apontada como uma das mais memoráveis da história do Queen;
  • O grupo irlandês U2 ainda era uma banda em início de carreira, mas o burburinho do talento do quarteto ganhou impulso depois do show no Live Aid;
  • Foi a primeira reunião da formação original do Black Sabbath depois que Ozzy saiu da banda. Eles haviam gravado quatro discos sem Ozzy, que então estava no auge da carreira solo. O Black Sabbath se reuniu oficialmente para um show só em 1992;

Made in Brasil

Creative Commons

Chegamos à parte da história em que o Brasil se ‘apropria” do Dia Mundial do Rock. Como quase toda data comemorativa recente, ela nasceu da mente de publicitários. No caso, os que trabalhavam nas rádios 89 e 97 FM, especializadas em rock, e as mais conhecidas em tocar o gênero na cidade de São Paulo. Isso aconteceu na década de maior popularização e abrangência de subestilos do rock, a de 1990.

Inspirados pela história do rock e do épico festival Live Aid, foi criada essa belíssima campanha publicitária, e assim o rock´n´roll ganhou um dia para ter uma festa oficial anualmente. Brasileiro e festa, uma combinação irresistível!

E assim foi feito: os ouvintes e o público em geral abraçaram completamente a ideia (provavelmente sem jamais questionar sua origem), e assim nasceu a comemoração que leva ‘mundial’ no nome, mas é completamente ignorada pelo resto do planeta.

Um pequeno detalhe que não interfere em nada no entusiasmo dos fãs tupiniquins desse Tal de Roque Enrow, como diria Rita Lee…

Dangerous Glitter - Como David Bowie, Lou Reed e Iggy Pop Foram ao Inferno e Salvaram o Rock´n´roll

Dangerous Glitter - Como David Bowie, Lou Reed e Iggy Pop Foram ao Inferno e Salvaram o Rock´n´roll (Cód: 6064178)

R$ 99,90 R$65,90 em até 2x de R$ 32,95 sem juros Quero este produto

 

Recomendamos para você