Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 31.01.2018 31.01.2018

As Mulheres Sertanejas que Estão Dominando as Playlists

Elas chegaram para ficar! Sejam elas coleguinhas ou donas da sofrência, a nova geração de mulheres sertanejas traz um som diferente das precursoras Inezita Barroso, irmãs Galvão e Roberta Miranda.

Aliás, foi essa aproximação com um sertanejo que fale mais sobre os dilemas e vontades das mulheres modernas que fizeram com que elas reinassem quase que absolutas nas playlists brasileiras. Confira quem são elas!

Maiara & Maraisa

As gêmeas idênticas Maiara e Maraisa são hoje duas das mulheres sertanejas mais bem-sucedidas do País. Para se ter uma ideia da popularidade da dupla, elas figuram na segunda posição das artistas femininas mais ouvidas do mundo no Spotify, perdendo apenas para Rihanna.

Em atividade desde 2013, as meninas estouraram mesmo com a canção 10% e deram o pontapé inicial para o sertanejo feminino da sofrência. Medo Bobo e Se Olha no Espelho também tiveram altos números de reprodução e fizeram do trabalho Ao Vivo em Goiânia um sucesso.

Marília Mendonça

Não podemos falar de mulheres sertanejas sem citar Marília Mendonça. Conhecida nacionalmente como a Musa da Sofrência, a cantora e compositora tem apenas 22 anos e já escreve para grandes nomes da música sertaneja desde os 13 anos.

Infiel foi a música que a revelou para o Brasil, mas o álbum Marília Mendonça Ao vivo tem sucessos, como Hoje Só Metade e Como Faz com Elas. . Foi este trabalho que ajudou Marília a alcançar a terceira posição nas artistas femininas mais ouvidas do Spotify, atrás de Maiara e Maraisa.

O novo trabalho, intitulado Realidade, foi gravado em Manaus e já tem duas canções de grande repercussão nacional, Amante Não Tem Lar e Eu Sei de Cor. O álbum também foi nomeado ao Grammy como Melhor de Música Sertaneja.

Simone e Simaria

As coleguinhas ganharam fama nacional no gênero com o DVD O Bar das Coleguinhas, lançado em 2015, mas estouraram mesmo com o novo trabalho, Live, indicado inclusive ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja.

A canção Loka, com participação de Anitta, foi hit no Brasil neste ano e conquistou a primeira posição de mais tocada em aplicativos de streaming. Além disso, o primeiro trabalho das irmãs foi tão bem recebido que elas gravaram o clipe do novo trabalho com uma seleção de celebridades, como Nego do Borel.

Recomendamos para você