Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 23.03.2010 23.03.2010

Apartheid extraterrestre

Por Vinicius Valente

A possível existência de seres extraterrestres já rendeudiversas megaproduções para o cinema. De acordo com a cabeça de cada diretor,os aliens já tomaram as mais variadas formas e, com exceção do simpático E.T. – O extraterrestre (1982), costumamcompor o núcleo de vilões da trama. Entretanto, o produtor Peter Jackson (O Senhor dos Anéis) e o diretor NeillBlomkamp não estavam satisfeitos com a mesmice que habitava a ficção científicae resolveram mudar drasticamente este cenário.

Os alienígenas de Distrito9 não só se tratam das vítimas do conflito, como sofrem racismo por partedos humanos. Na trama, uma nave tripulada por extraterrestres doentes esubnutridos adentra por acaso na atmosfera terrestre. Sem nenhuma intenção maléfica,eles são resgatados por uma operação humanitária, mas acabam isolados em umcampo de concentração em Johanesburgo, África do Sul. Proibidos de interagircom a sociedade, os seres são alimentados com restos de comida, presos em umaespécie de favela. Com o passar do tempo, o controle dos alienígenas fica cadadia mais difícil, devido às condições precárias de vida, que propiciamrebeliões e atos de vandalismo. Para resolver o problema, os humanos resolvemtransferi-los para um local maior à prova de fugas. O programa de transferênciaé criado para parecer pacífico e voluntário, mas, na verdade, esconde atos debrutalidade dos humanos para com os ETs.

O conflito começa quando um funcionário do programa sofre umgrave acidente testemunhado pelo cinegrafista que o seguia. Enquanto revistavaum barraco alienígena atrás de materiais proibidos, ele entra em contato comuma substância química desconhecida. O funcionário sofre uma mutação genética,se tornando o único ser humano capaz de operar as armas de destruiçãoalienígenas, o que acaba comprometendo a continuidade do programa detransferência do aliens, agora revelado como algo muito diferente do que eramostrado para toda a população.

Distrito 9 énarrado em forma de documentário e teve um orçamento de 30 milhões de dólares. Oelenco é composto por Sharlto Copley, Jason Cope, Nathalie Boltt, SylvaineStrike e John Sumner.

O longa concorreu a quatro Oscars, dentre os quais o demelhor filme, porém não faturou nenhum prêmio. Poucas horas antes da festa, osite Torrent Freak divulgou oresultado da pesquisa “Oscar dos downloads”. Os dez indicados ao prêmio demelhor filme tiveram uma contagem de downloads através do sistema de torrent. Cada download contabilizava um voto. Distrito 9 levou esta estatueta simbólica, ao contabilizar 12,6milhões de downloads, ficando a frente de Avatar (11,3 milhões) e Guerra ao terror (7,9 milhões).

Faltando poucos meses para a Copa do Mundo naquele país, quem sabea seleção brasileira ainda consegue encontrar algum alien perdido pelas ruas deJohanesburgo.


> Confira o site oficial do longa

> Assista ao trailer de Distrito 9

 

Recomendamos para você