Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 07.08.2009 07.08.2009

Ana Carolina, romântica e concisa

Foto de Tomás Rangel

Ana Carolina comemora a primeira década de carreira com novodisco, o sucinto “”Nove”” (Sony Music). Algo cabalístico, ela conta com nove músicas,da cantora que nasceu no dia 9 do mês nove, e gravou seu primeiro disco em 1999. Mas, segundo ela, não representa maisque uma coincidência que ela fez questão de lembrar. O trabalho, conduzido portrês dos mais importantes produtores do cenário brasileiro – e internacional -Mario Caldato (Beastie Boys, Beck, Planet Hemp), Kassin (Los Hermanos,Orquestra Imperial, Caetano) e Alê Siqueira (Tom Zé, Paulinho da Viola, JoãoDonato), traz parcerias inéditas e participações internacionais. 

Entre os convidados estrangeiros, a italiana Chiara Civello,que assina com Ana “Traição”, “8 estórias”, “10 minutos” e “Resta” – nesta,também toca piano e canta -; o norte-americano John Legend, que compôs e canta“Entreolhares”, primeira música de trabalho, em rotação nas rádios; e abaixista, também norte-americana, Esperanza Spalding, com seu suínguejazzístico em “”Traição”. 

Como parceiros, comparecem Gilberto Gil, quepresenteou a mineira de Juiz de Fora com a letra do samba “Torpedo”, e oparceiro de longa data Antônio Villeroy, que participou também de “Entreolhares”e em “Tá rindo, é?”. Além disso, músicos como João Parahyba, Davi Moraes, PedroBernardes, Daniel Jobim, Arthur Verocai, Donatinho e Carlos Trilha participamda sonoridade diversa, que inclui arranjos de cordas e metais, além de instrumentos como cello, violino e harpa, junto com a levada mais pop daguitarra baixo e bateria. 

O romantismo é o tema recorrente nas letras de “Nove”, emcanções como “”Resta””, “”10 minutos””, na parceira com Legend,””Traição””. Destaque para “”8 estórias””, que enumera oitomulheres e relações com uma marcação tensa e suave ao mesmo tempo. 

Autora de sucessos estourados em todo o país, como””Garganta”” (feita para ela pelo compositor Totonho Villeroy) e “Quemde Nós Dois”, do primeiro e segundo disco, ela gravou, em 2003,  “”Estampado””, uma mistura de rock,balada, samba e bossa, que trouxe parcerias inéditas, entre elas, Chico César eSeu Jorge, com quem iria gravar, em 2005, “Ana & Jorge ao Vivo”, No finalde 2006, Ana Carolina lançou seu quarto álbum, o CD duplo “Dois quartos”; de umlado, canções mais pops, do outro, experiências de novos sons e novas idéias. 

Desde o primeiro disco, Ana Carolina descobriu um públicofiel que a acompanha com uma devoção pouco vista com outras cantoras e bandas,com raras exceções, como a paixão desbragada dos fãs da finada banda cariocaLos Hermanos. Seus shows são verdadeiras exaltações de amor a ela e sua música,que devem se repetir mais uma vez nas apresentações deste conciso””Nove””.

 > Assista à entrevista exclusiva de Ana Carolina ao SaraivaConteúdo 

> Confira o site e o MySpace da cantora

 > Ana Carolina na Saraiva.com.br 


Share |

Recomendamos para você