Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 18.12.2010 18.12.2010

A vida nada doce de Lobão

A vida de Lobão nunca foi doce. Ao fim da excelente autobiografia do autor de “”Me chama””, 50 anos a mil, o leitor tem a sensação de que o cantor é um improvável sobrevivente no mercado da música e das drogas. Em narrativa estruturada na primeira pessoa, Lobão revê os fatos mais marcantes de sua vida em ordem cronológica. Com a visão crítica que sempre norteou suas declarações controvertidas, alvo de muitos desafetos no meio musical, o artista se expõe num relato impressionante. Os fatos não são maquiados. Tampouco as fraquezas do cantor e de seus familiares. Uma das passagens mais impactantes do livro é quando Lobão revive a manhã em que, cansado das chantagens emocionais de sua mãe, vai até sua casa (atendendo a um pedido de socorro) e diz que ela não tem competência nem para morrer. Horas depois, a mãe de Lobão cairia fulminada numa sala de aula pelo simples fato de que “”esqueceu”” de tomar o remédio que controlava seu problema de coração.

Família à parte, ao longo de suas páginas, 50 anos a mil repassa momentos emblemáticos da história da música pop, já que Lobão esteve envolvido no movimento de rock progressivo dos anos 70 (ele integrou o grupo Vímana com Lulu Santos e Ritchie) e foi peça-chave na explosão do pop rock brasileiro na década de 80. Lobão, para quem não sabe ou não lembra, foi um integrante da Blitz, banda que ele abandonou no início do sucesso para se dedicar a uma carreira solo que esbarrou nos conceitos e critérios nem sempre lúcidos dos executivos de gravadoras. Além de recordar o inferno vivido na prisão, Lobão narra sua odisséia no mercado fonográfico multinacional – com visão crítica sobre sua própria obra – e também no universo paralelo da música independente, do qual ele foi um dos primeiros a mergulhar de cabeça, no fim dos anos 90. Enfim, 50 anos a mil vale uma leitura minuciosa. Mesmo para quem não se interessa pelo mundo do disco, a vida nada doce de Lobão garante o interesse pela narrativa.

A equipe do SaraivaConteúdo conversou com Lobão sobre sua autobiografia, o vídeo com a entrevista exclusiva você assiste na próxima sexta-feira, 24/12.

Recomendamos para você