Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 23.11.2010 23.11.2010

A Onda – em busca dos gigantes do oceano

 

Da redação

Foto de divulgação

 

“Ondequer que exista energia em movimento, existem ondas, dos mais remotos rincõesdo universo às células do seu globo ocular”.

Fascinadapor essa constatação, a premiada jornalista norte americana Susan Casey passouos últimos cinco anos pesquisando sobre um fenômeno que por muitos séculosexistiu como lenda do mar – um monstro místico – e agora desafia cientistas como crescente aumento da sua freqüência nos oceanos: as ondas gigantes, aberrantes,vagalhões em fúria com 30 metros de altura.

Em A onda, best-seller que acaba de serlançado no Brasil pela editora Zahar, Casey entrevistou todos os que seenvolvem diretamente com essas aberrações marinhas rodeadas de mistério, massasde água em movimento, capazes de afundar cargueiros e plataformas de petróleoaté então tidas como indestrutíveis. Físicos, geólogos, oceonógrafos, capitãesde navio em um extremo, tentando desvendar as melhores formas possíveis deevitar o encontro e minimizar os impactos dessas ondas.

Naoutra ponta os surfistas de tow-in, homens e mulheres que vão ao encontro dessaforça que o resto do mundo prefere evitar. O pioneiro desse surf radical é olendário Laird Hamilton, adepto de uma vida em comunhão com a natureza, longe dasdisputas por prêmios, que ao custo de muitas fraturas e contusões aprendeu comum grupo de amigos a domar esses gigantes aquáticos. Em A onda, aautora acompanha essa tribo, em meio a qual figura a brasileira Maya Gabeira, pelostrechos mais temíveis do oceano na busca do santo graal de seu esporte, astemíveis ondas de 30 metros.

Subestimadaspelos cientistas porque violariam as leis da física, até os últimos quinze anosquase nada se sabia sobre o fenômeno do surgimento de uma onda que pode atingiro dobro do tamanho das que estão ao seu redor. Mas o clima em mutação e oaquecimento desproporcional dos mares aumenta o nível de agitação dos oceanos apatamares nunca antes registrados, causando uma corrida para entender as suascausas. “Eu quis destacar que esse planeta em que vivemos não é um lugarestático”, diz Casey.

Emum relato fascinante, a autora recupera os primeiros registros dessas ondasgigantescas e apresenta o panorama atual da ciência que as estuda. Mostra aindaa indústria em torno do surfe, que movimenta milhões de dólares em patrocínio epermite que muitos atletas se dediquem a levar o esporte a suas máximaspossibilidades – mas que expõe dezenas de amadores aos perigos do oceano.

Casey conta como ela própria enfrentou, na garupa de um jet-ski, uma onda muitogrande. Com uma prosa arrebatadora, Casey leva o leitor a experimentar a cadapágina o fascínio e os perigos de encarar as maiores ondas do planeta.

Susan Casey éeditora-chefe da O, The Oprah Magazine.Jornalista premiada, já teve reportagens publicadas nas revistas Esquire, SportsIllustrated, Fortune, Outside e National Geographic. Nasceuem Toronto, no Canadá, e hoje divide seu tempo entre Nova York e Maui, noHavaí.

Recomendamos para você