Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Games 15.07.2013 15.07.2013

A ligação inseparável entre a 2ª Guerra Mundial e os games

Por Guilherme Machado
 
Os anos de 1939 a 1945 foram marcados pelo maior conflito que a humanidade já presenciou: a chamada 2ª Guerra Mundial. As disputas travadas entre os Aliados e o Eixo deixaram de 50 a 70 milhões de mortos em batalhas que entraram para História e que despertaram (e ainda despertam) a curiosidade daqueles interessados nos aspectos da guerra.
 
Sendo assim, diversos filmes, livros e jogos foram baseados na 2ª GM, transformando o tema em uma verdadeira febre.
 
O mundo dos games foi presenteado com inúmeros títulos relacionados ao assunto que conquistaram o coração do público, já que foram abordados de diversas maneiras e perspectivas, criando experiências únicas para os jogadores.
 
Selecionamos os jogos que fizeram mais sucesso ao transformar a 2ª Guerra Mundial em uma experiência virtual. Acompanhe:
 
MEDAL OF HONOR
 
A série mais famosa de jogos baseados na 2ª GM é sem dúvida Medal of Honor, que teve como idealizador ninguém menos que Steven Spielberg. 
 
O primeiro jogo foi lançado em 1999 para o Playstation 1, com o nome de Medal of Honor, trazendo a história fictícia do tenente Jimmy Patterson, recrutado para a OSS (considerada precursora da CIA) e que tinha como objetivo destruir bases inimigas e eliminar forças alemãs no período entre 1944 e 1945, logo no final do conflito. Ele entrou para a lista dos Top 25 games de todos os tempos para o Playstation 1.
 
Desde então, a série tornou-se um sucesso, e diversos títulos foram criados para as plataformas que se sucederam, chegando ao último lançamento Medal of Honor: Warfighter, lançado em outubro de 2012.
 
Infelizmente, devido às avaliações negativas dos últimos lançamentos da franquia, a série Medal of Honor foi cancelada por tempo indeterminado. Os principais representantes do tema foram Medal of Honor, Medal of Honor: Frontline, Medal of Honor: European Assault e Medal of Honor: Rising Sun.
 
A série mais famosa de jogos baseados na 2ª GM é sem dúvida Medal of Honor
BATTLEFIELD
 
A franquia Battlefield também se destacou no cenário com seu primeiro título Battlefield 1942, lançado em 2002 para Windows e que chamou atenção por permitir que o jogador utilizasse veículos como tanques, jipes, aviões, navios e submarinos, algo nunca antes visto em jogos de guerra.
 
O game foi desenvolvido para ser jogado on-line com o modo multiplayer, apesar de também ser possível jogar off-line. O jogador poderia escolher entre cinco classes disponíveis: Assault (infantaria de guerra), Médico, Scout (atirador de elite/sniper), Engenheiro e Antitanque. Isso criou uma experiência cooperativa muito forte, já que era necessário trabalho em equipe para derrotar o inimigo.
 
Battlefield 1942 fez tanto sucesso que ainda recebeu duas expansões – Battlefield 1942: The Road to Rome e Battlefield 1942: The Secret Weapons of WWII. Além dele, a franquia conta com apenas mais um jogo baseado na 2ª Guerra Mundial: Battlefield 1943.
 
Esse game foi lançado digitalmente para PS3 e Xbox 360 e contava apenas com um modo multiplayer. Basicamente, era uma remasterização do 1942 com excelentes gráficos.
 
Provavelmente não veremos mais nenhum jogo da série Battlefield relacionado à 2ª GM, já que a DICE, desenvolvedora dos jogos, não aparenta ter mais interesse pelo tema.
 
A franquia Battlefield também se destacou no cenário
CALL OF DUTY
 
Call of Duty (COD) tornou-se a franquia mais rentável da história e com certeza a com mais jogadores entre os títulos de guerra. Seu primeiro jogo foi lançado em 2003 com o nome de Call of Duty, um game de tiro em primeira pessoa baseado nos conflitos da 2ª Guerra Mundial.
 
A trama se passa em lugares históricos como Bastogne, Stalingrado e Sainte-Mère-Église, retomando a atmosfera das batalhas e envolvendo os jogadores nas aventuras.
 
Call of Duty recebeu o prêmio de Jogo do Ano em 2003 pela Academy of Interactive Arts & Sciences e foi remasterizado e relançado para PS3 e Xbox 360 para ser baixado digitalmente.
 
No ano seguinte, ele recebeu uma expansão chamada Call of Duty: United Offensive, cuja campanha teve muita influência da série de TV Band of Brothers, que retrata a equipe dos paratroopers na guerra.
 
A franquia COD é conhecida por lançar jogos anualmente, sem exceção, e isso é alvo de diversas críticas por parte do público, já que nos últimos títulos não houve muitas inovações em relação aos anteriores, mas isso nunca afetou as vendas disparadas dos games. 
 
Call of Duty 2 e 3 também se basearam na grande guerra e foram muito populares no gênero, principalmente pelo modo multiplayer.
Mas o título da franquia com maior repercussão foi Call of Duty: World at War, lançado em 2008 e que chamou muita atenção pela mecânica de jogo implementada pela desenvolvedora Treyarch.
 
World at War concentra-se nas frentes Pacífica e Oriental da 2ª GM, contando a história a partir da perspectiva do soldado J. Miller, do oficial da marinha Locke e do soldado do Exército Vermelho Dimitri Petrenko.
 
Uma das inovações do game foi a violência excessiva: os membros dos soldados são decepados quando atingidos por tiros, criando uma atmosfera brutal, real e envolvente.
 
Nesse jogo fomos apresentados ao modo Nazi Zombie, no qual o jogador fica em uma casa abandonada que é atacada por hordas de zumbis nazistas. O objetivo é sobreviver o máximo possível matando essas criaturas, ganhando dinheiro e liberando novas armas para se defender por mais tempo.
 
Esse modo de jogo tornou-se muito popular e posteriormente inspirou o modo zumbi do game Call of Duty: Black Ops.
 
Call Of Duty – World At War
LANÇAMENTO MAIS RECENTE
 
O jogo mais recente baseado na 2ª Guerra Mundial é Company of Heroes 2, sucessor do primeiro game, que fez muito sucesso no gênero.
 
CoH 2 foi lançado no final de junho, apenas para PC, e traz o Exército Vermelho Soviético como uma nova facção, levando os jogadores em missões desde a Operação Barbarossa até a Batalha de Berlim.
 
O jogo é focado na frente Leste, e a história é narrada através de flashbacks de um tenente do Exército Vermelho, preso na Sibéria em 1952. Um militar o interroga sobre suas experiências na guerra.
 
Assista ao trailer de Company of Heroes 2:
 
 
 
 
Recomendamos para você