Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 29.06.2012 29.06.2012

A Era do Gelo 4 estreia nos cinemas e, desta vez, agita os sete mares

Por Luma Pereira
 
Alguns piratas têm um gancho no lugar da mão, outros uma perna de pau. Há ainda os que usam tampão num dos olhos e navegam com a bandeira de caveira levantada. Porém, ultimamente, eles não têm ficado apenas nos oceanos: invadiram também o cinema.

A Era do Gelo 4, dirigido por Steve Martino e Mike Thurmeier, entrou na onda dos piratas. No novo filme da franquia, que estreia no dia 29 de junho, os personagens vivem uma aventura com inimigos comandados pelo “Capitão Entranha”.

 
Manny, Sid e Diego precisam lutar contra eles para conseguir reencontrar a família do mamute, que ficou para trás com a quebra do gelo – na separação dos continentes. A produção conta, ainda, com tomadas do personagem Scrat perseguindo sua noz.
 
Há também várias referências a histórias relacionadas aos corsários, como o encontro dos personagens com sereias que os “hipnotizam” ou mapas que levam ao tesouro – Scrat encontra um desses no fundo do mar e segue os passos indicados.
 
Mas muitos outros filmes também utilizam a figura do pirata nos enredos. Quem não se lembra de Willy Caolho e de Jack Sparrow? Ou, ainda, do mais antigo Geoffrey Thorpe? Isso para não falar do Barba-Ruiva e do Capitão Gancho.
 
“Piratas sempre significaram diversão. Liberdade é outro conceito bastante atrelado à figura deles. Eles voltaram a ser valiosos ‘heróis’ para o cinema moderno”, afirma Reinaldo Glioche, do Claquete Cultural.
 
O crítico defende a ideia de que foi depois de Piratas do Caribe que teve início esse revival dos corsários na sétima arte. Isso se deve, em especial, à boa atuação de Johnny Depp.
 
“Não fosse pelo tom gozador, o carisma apurado e o aspecto malandro do personagem vivido pelo ator, os piratas continuariam enfrentando um longo e tenebroso inverno no cinema”, acredita.
Glioche cita alguns filmes que considera os melhores sobre o tema. O SaraivaConteúdo colocou tudo numa lista com comentários do crítico, do mais antigo para o mais atual.
 
1. O Gavião do Mar. Dirigido por Michael Curtiz antes de Casablanca, é do ano de 1940. Para Glioche, esse filme ajudou a construir os paradigmas das produções de piratas.
 
2. Peter Pan. Animação produzida pela Disney, em 1953. A direção foi de Clyde Geronimi, Wilfred Jackson e Hamilton Luske. Os personagens têm que lutar contra o temido Capitão Gancho.
 
3. Os Goonies. De Richard Donner (e produção de Spielberg), é conhecido como um clássico das produções deste tipo. Crianças encontram um mapa do tesouro e vão atrás das riquezas de Willy Caolho. Foi lançado em 1985.
Willy Caolho, personagem de Os Gonnies
4. Piratas. “Produção de 1986, dirigida por Roman Polanski, com um inspirado Walter Matthau, se pretende uma sátira do gênero de piratas”, comenta o crítico.
 
5. Hook: A Volta do Capitão Gancho. Foi produzido em 1991 e é conhecido como “o filme do Peter Pan de Steven Spielberg”. “A ideia de um Peter Pan crescido reencontrando seu arquirrival é muito boa. O filme, ainda que seja bem infantil, é pura nostalgia”, comenta.
 
Pôster de Hook: A Volta do Capitão Gancho
6. A Ilha da Garganta Cortada. De 1995 e com direção de Renny Harlin, foi um fracasso quando lançado. “Em parte por ter uma protagonista feminina (Geena Davis). É uma pena. É um filme que tem tudo que uma boa fita de piratas tem, menos timing. Os anos 90 foram horríveis para os piratas nos cinemas”, explica.
 
7. Piratas do Caribe. Franquia que teve início em 2003, com Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra, dirigido por Gore Verbinski.
Jack Sparrow, de Piratas do Caribe
8. Piratas Pirados. Para Glioche, a melhor produção desse tipo é Piratas Pirados, dirigida por Peter Lord, em 2012. Na opinião dele, a dublagem feita por Hugh Grant está excelente.  
 
E a lista continua…
 
Tainá 3: A Origem. Dirigido por Rosane Svartman e com estreia prevista para julho de 2012.
 
A Névoa. Dirigido por Rupert Wainwright em 2005, aposta em piratas de terror.
 
Planeta do Tesouro. Animação de 2002, dirigida por Ron Clements e John Musker.
 
Muppet Treasure Island. Dirigido por Brian Henson, foi lançado em 1996.
 
O Pirata Escarlate. De 1976, conta com a direção de James Goldstone.
 
A Ilha do Tesouro. De 1950, com direção de Byron Haskin.
 
Recomendamos para você